RGPD - Cookies
Galicia

Greve geral com adesão histórica no Norte de Portugal

Uma adesão à greve geral « histórica» no distrito de Braga, com uma participação dos trabalhadores «muito superior» a greves anteriores. Quem o garante é Joaquim Daniel, coordenador da União de Sindicatos de Braga (USB), que sustenta tais afirmações com números recolhidos junto de serviços e empresas municipais e também junto do setor industrial privado.

Segudo os nossos colegas do Diário do Minho, o líder sindical deu conta de alguns números durante a manifestação convocada pela USB e que juntou na Avenida Central, em Braga, cerca de duas mil pessoas, desde funcionários públicos (tanto de serviços municipais como do Estado), passando por trabalhadores da indústria têxtil (muitos reclamando os salários em atraso) e jovens desempregados ou em situação laboral precária.

Foram muitos os serviços, em vários municípios, com adesões à greve de 100 por cento. Destaque, em Braga, para uma paralisação total da frota dos autocarros dos Transportes Urbanos de Braga (TUB), bem como dos trabalhadores da AGERE que fazem recolha de lixo: tanto no turno da noite, como no turno diurno a adesão foi de 100 por cento.

Também em Guimarães ninguém fez recolha de lixo durante, quer no turno da noite quer durante o dia.

Dacordo coa informaçom de Diario do Minho, em Barcelos, pela primeira vez na história, todos os funcionários municipais que fazem recolha de lixo durante a noite aderiram à greve. Durante o dia, a adesão à greve neste serviço foi de 30 por cento.

Joaquim Daniel afirmou que esta ação de luta tem tido «forte participação», porque os trabalhadores «estão cansados e com vontade de protestar».

 

También te puede interesar